segunda-feira, 21 de março de 2011

Estou triste...

Nem tenho bem palavras para descrever o que sinto. Ontem a minha mãe ligou-me como todos os dias mas dá-me uma noticia bombástica. "O Patrick era o ex marido da Inês não era? Operador de Câmara na TVI?" Respondi que sim. Eis que ela me dá a noticia. "Acabaram de dar a noticia que o Patrick morreu." Caiu-me tudo ao chão. Sentei-me no sofá e senti o corpo todo a tremer. Como???? Causas da morte por apurar. Passou-me tudo pela cabeça, ataque de coração, acidente de carro, tudo menos o que efectivamente aconteceu. Liguei para o meu amigo Dario que eu sabia que se continuava a dar bastante bem com o Patrick e estava com ele quase todos os fins de semana e eis que o Dario me dá a pior noticia que podia ouvir.

Por mais que dê voltas à cabeça não consigo perceber o que o motivou a cometer tal acto.

O Patrick tinha uma vida que muitos podiam ambicionar. Fazia profissionalmente o que queria e gostava, nunca teve problemas financeiros, tinha imensos amigos, alguns bons amigos mesmo, tinha uma familia unida, tinha pessoas de todo o lado que gostavam dele. Mesmo quem não o conhecia bem, era quase impossivel não simpatizar com o Patrick. Era uma pessoa divertida, brincalhona, culta. Podia-se falar com ele sobre quase tudo.E era amigo. A ultima vez que o vi, foi no E Leclerc mesmo ao pé da nossa casa. Estava todo pomposo de fatinho pois ia para a festa de Natal da TVI. Nunca pensei que fosse a ultima vez que o fosse ver.

O Patrick fez parte da minha vida durante muito tempo enquanto era namorado e depois marido da Inês. Foram mais de 10 anos de convivencia. Passavamos férias juntos, passagens de ano, fins de semana. Tenho momentos passados com ele, registados em fotografia que me dá vontade de rir só de olhar para as fotos. Apesar de termos deixado de conviver há 5 anos, não quer dizer que tivessemos deixado de ser amigos... pessoas que fizeram parte na nossa vida durante tanto tempo não caem no esquecimento de um momento para o outro.

Amanhã vou estar lá no funeral para prestar a ultima homenagem ao meu amigo. Eu e mais todos os amigos dele que num momento ou outro das nossas vidas tiveram o prazer de ter conhecido o Patrick. Será que ele não sabia a quantidade de amigos que tinha? A quantidade de amigos que se preocupavam com ele? Como é possivel a cabeça dele estar tao confusa ao ponto de ter cometido tamanha atrocidade!

Patrick, estejas onde estiveres, encontra a paz e olha por nós. Não deixes ninguém, nunca, fazer o mesmo disparate que fizeste. Até um dia.

Este post é uma homenagem a ele, por ter alegrado tantos dias a minha vida.

Não é por estares ausente que nos esquecemos de ti. Nunca.

5 comentários:

ana disse...

Olá Rita,
Não te conheço mas temos (ou tínhamos) algo em comum: o Patrick. Pois é, também eu não queria acreditar. Ainda pensei, não, não deve ser o mesmo Patrick que eu conheço. Esse andava sempre com um sorriso na boca, não é esse... Mas era... Gostei do teu post, e sem dúvida que nada nem ninguém merecem uma decisão como a que ele tomou. Ao menos que esteja em paz, fez o que queria, mas sem dúvida que não tinha o direito de o fazer. Amanhã lá estarei, também eu na sua despedida. Até um dia...

Sairaf disse...

Abraço doce e muita força!!
Fiquei completamente arrepiada... sem palavras.

Didi e Pepe disse...

R.I.P.

Anónimo disse...

Eu tive o prazer de conhecer o Patrick. Estive com ele algumas vezes, posso dizer que gostei dele desde a primeira vez que o vi. Era uma simpatia de pessoa. Sempre bem disposto, com aquele sorriso de "menino" travesso, sim, eu gostava dele e fiquei com muita raiva com tudo o que aconteceu! Mais ainda porque estive com ele na quarta-feira (dia 14) conversamos um bocado, sei que estava triste, mas nada faria pensar o que viria a seguir. Nem queria acreditar quando me deram a triste noticia. Penso que somos donos da nossa vida e vontade, mas, lamento tanto a atitude dele! Nada nem ninguém merece um final tão trágico. Agora só desejo que o Patrick onde estiver encontre a paz que não teve aqui... Uma amiga MS

Anónimo disse...

Eu soube hoje que o Patrick morreu. Estou chocada... Sem palavras... Completamente abismada!!! Patrick, que disparate... De facto, devias saber quantas pessoas te adoravam. Tu és uma pessoa especial, fantástico ainda para mais bonito e muito atencioso. Merecias o melhor! Merecias a melhor sorte na vida e não isto... Penso eu, cruzaste-te com alguém que não te deu o devido valor, que não soube gostar de ti, que não te apreciou... alguém sem interesse e uma pessoa oca.. NUNCA pensei que isto pudesse ter acontecido. Estou triste, revoltada e muito zangada contigo... Descansa em paz...