quarta-feira, 2 de julho de 2008

Uma questão de amizade

Amizades... amigos e amigas... Nunca fui pessoa de ter grandes amigas e amigos. Houve obviamente pessoas que me marcaram para o bem e para o mal. Pessoas com grande potencial de amizade. Amigos que considerei amigos, amigas que considerei amigas. Mas... até que ponto essas pessoas também me consideraram ou consideram amiga. Grande questão esta! Já levei tantos pontapés de pessoas que considerava amigas. Se calhar sem querer acabei também eu por dar pontapés a quem me considerava amiga. Uma questão de feitios? Mas o que é a amizade?

Amizade [1]. É uma relação afetiva, a princípio sem características romântico-sexuais, entre duas pessoas. Em sentido amplo, é um relacionamento humano que envolve o conhecimento mútuo e a afeição, além de lealdade ao ponto do altruísmo. Neste aspecto pode-se dizer que uma relação entre pais e filhos, entre irmãos, demais familiares, cônjuges ou namorados, pode ser também uma relação de amizade, embora não necessariamente.
A amizade pode ter como origem, um instinto de sobrevivência da espécie, com a necessidade de proteger e ser protegido por outros seres. Alguns amigos se denominam "melhores amigos". Os melhores amigos muitas vezes se conhecem mais que os próprios familiares e cônjuges, funcionando como um confidente. Para atingir esse grau de amizade, muita confiança e fidelidade são depositadas.
Muitas vezes os interesses dos amigos são parecidos e demonstram um senso de cooperação. Mas também há pessoas que não necessariamente se interessam pelo mesmo tema, mas gostam de partilhar momentos juntos, pela companhia e amizade do outro, mesmo que a atividade não seja a de sua preferência.
A amizade é uma das mais comuns relações interpessoais que a maioria dos seres humanos tem na vida. Em caso de perda da amizade sugere-se a reconciliação e o perdão. Carl Rogers diz que a amizade "é a aceitação de cada um como realmente ele é".

Esta é uma definição da Wikipédia.

Ok. Então eu tenho alguns amigos(as). O que não tenho são "melhores amigos". Porque é que nunca cheguei a tal nivel de relacionamento? Será que sou uma pessoa de dificil trato? Acho que não... sinceramente... pelo contrário. Porque razão não tenho "melhores amigos". Aqui está uma questão para continuar a reflectir sobre ela.

2 comentários:

Laria disse...

O que é a amizade afinal? Eu já tive uma grande melhor amiga. Foi a minha melhor amiga desde os 12 até aos 24 anos. Apesar de alguns afastamentos, permanecemos juntas durante muito tempo. Mas decepcionei-me com ela. Primeiro não foi à minha despedida de solteira, porque convidei um outra amiga de quem ela não gostava para ir. Nem sequer quis ir por mim, pela nossa amizade. Podia ignorar a outra, mas preferiu fazer-me a desfeita a mim. Depois faltou ao meu casamento, sem sequer me dar uma desculpa. Anos mais tarde ligou-me e foi à minha casa para lhe assinar a fita de final de curso. Anos depois enviou-me um postal. Respondi, nunca mais obtive resposta. Fiquei muito magoada. Nunca percebi.
Ao longo dos anos tenho conhecido muita gente, mas amigos contam-se pelos dedos da mão. Tenho duas grandes amigas, que sei que posso contar até aos meus últimos dias. mas somos um pouco distantes, talvez pelo bulício da própria vida.
E também já me aconteceu tudo aquilo que referes em relação à amizade: pessoas de quem me aproximo, que me afasto, que se afstam... Enfim...
Beijinhos amigos

Carla disse...

Essa gostei...sinto exactamente o mesmo... "melhores amigos"...onde andam? Porque os perdi? Por vezes fico magoada ao pensar nisso, mas noutras vezes, acho que nos dias que correm (trabalho e filhotes)somos nós próprios a afastar os "melhores amigos".. No fundo acho que é o Ciclo de uma vida "dita" normal...!!!
Mas uma coisa é certa, apesar do afastamento "dito" normal, continuo a ter uma adorável lembrança do tempo em que "fomos" amigas.... Bjoca grande da tua ex e sempre amiga, LOL. Carla Leitão.