sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Conversas de café

Às vezes dou por mim a pensar no antigamente. Não por pena, nostalgia ou saudades, mas apenas porque de repente vem-me à memória o quão diferente está a minha vida. Há coisas que gostava de ter oportunidade de voltar a fazer, porque deixaram boas memórias, porque me faziam bem, outras nem por isso. Uma das coisas que tenho saudades é das noites de fim de semana em que ia beber café com o meu grupo de amigos. Sempre no mesmo sítio. Tinhamos conversas futeis e inuteis mas onde riamos à gargalhada. Chamavamos de descompersão da semana. Não se aprendia nada mas saiamos do café mais leves e bem dispostos. Há muito que deixei essas noites de café. O café do costume fechou. O meu grupo de amigos separou-se e dispersou. Ainda há uns resistentes que me dizem continuar sempre que possivel a fazer as meettings de fim de semana, mas já não é a mesma coisa. Para mim nunca mais será a mesma coisa. É algo que tenho uma certa pena. É algo que gostava de poder retomar mesmo levando as crianças, porque não? Talvez com outro grupo de amigos. Noutro lugar. A vida muda, os lugares mudam... os amigos... não deviam mudar, mas também mudam. Pelo menos no meu caso. É mau? É pena... por um lado, por outro. Estou aberta a novas amizades e às vezes as novas ou mais recentes podem ser melhores do que as mais antigas. Pelo menos, serão mais maduras.

2 comentários:

Ana disse...

Isso acontece... Também me aconteceu e tenho saudades dessas saídas. Mas sabes o que acho? Acho que nesse café semanal só deveriam participar vocês e não as crianças. Porque nesse café semanal deviam estar vocês enquanto pessoas individuais e não enquanto pais. Para se rirem, para falarem de mais coisas que não dos filhos, para ficarem mais leves durante aquele bocadinho...

Rita disse...

Se vivessemos pertinho sugeria te um encontro desses... com os pirralhitos todos a mistura. Havia de ser uma alegria :)