quarta-feira, 10 de março de 2010

Uma fotografia - Uma paisagem (1)

Imagem retirada da net

O barco aos poucos ia-se afastando do porto que por 10 dias foi a minha morada. A praia de areia branca e fina fundia-se com as ondas de um mar azul turquesa. As barracas de praia continuavam abertas a servir cocktails aos que lá ficavam. Várias espreguiçadeiras de madeira à beira da água esperavam pelos próximos donos. Um grupo de turistas acabado de chegar reunia-se à volta de vários habitantes locais que alegremente colocavam um ramo de flores à volta do pescoço em jeito de boas vindas. A música chill-out, vinda do restaurante bar onde os turistas que tinham acabado de chegar dançavam alegremente, ia ficando cada vez mais indefinida. Ao longe, a cidade costeira erguia-se na colina com as suas casas caiadas de branco e chaminés de arquitectura árabe. A igreja destacava-se no meio da cidade pela sua imponência e pelo sino que no seu alto tocava as 14:00. Ainda conseguia sentir o cheiro a alfazema que emanava das lojas de perfumes daquelas ruas estreitas. Para sempre ficaram as memórias de umas férias inesquecíveis.

Curso de escrita criativa Luis Carmelo - por Rita Cardoso

2 comentários:

JP disse...

Que Orgulho!
Escreves tão bem!

Margarida disse...

Gostei! :)