terça-feira, 18 de setembro de 2012

António Mexia!!! Vai roubar para a estrada!!!!!

As coisas não estão faceis. Acho que não estão faceis para ninguém. Cada um tem os seus problemas e nenhum deve ser minimizado. Claro que se for comparar os meus problemas com os problemas das pessoas que têm familiares doentes, estão desempregados e não têm dinheiro para comer, faz parecer os meus problemas uma gota de água no oceano. E é verdade e temos de dar valor a isso, mas não vai ser por causa disso que vamos deixar de os considerar como problemas. O que é fato é que são coisas que afetam negativamente a nossa vida.

A semana passada recebemos a fatura da EDP. A nossa casa só funciona a electridade. Não temos gás. Temos apenas lampadas económicas, temos bi-horario e esforçamo-nos ao máximo para cumprir os horários e fazer as máquinas apenas nas horas vazias, considero que somos poupados. De vez em quando há distrações obvio. Há sempre, e estaria a mentir se dissesse que nunca me enganei. E há coisas as quais nós não podemos fugir e que acabam por estar ligadas nas horas cheias, como o frigorifico, placa para fazer as refeições ou bimby, bomba da piscina (embora poucas horas), TV e computador pois o JP trabalha em casa. A empregada quando vêm e usa o aspirador e o ferro de engomar também o faz nas horas cheias, mas são coisas que não podemos fugir e são basicas além de não estarem ligadas o dia inteiro. De 2 em 2 meses pagamos à volta de 200 euros por mês, mais coisa menos coisa, umas vezes mais 50 euros, outras vezes menos 50, isto desde Janeiro, altura em que mudámos para o bi-horario. Não era nenhuma barateza mas na nossa opinião compreensivel pois nunca pagámos muito abaixo disso. A EDP fez uma contagem em Janeiro e daí até Agosto, foi por estimativa, estimativa essa que tinha em conta os meses antes de Janeiro. Ora qual não foi o nosso espanto, quando recebemos em casa a factura de Setembro relativa aos ultimos 2 meses no valor de 600 euros!!!!! Pois, que a EDP foi fazer o levantamento da contagem em Agosto e percebeu que a estimativa estava errada e muito errada!!!! Agora, imaginem a nossa cara a olhar para a fatura e a pensar que fazendo as contas seria como se gastassemos praticamente 200 euros por mês em electricidade, uma familia de 4 pessoas, 2 adultos e 2 crianças!!!!!!!!!!!!!!! Uma autentica ROUBALHEIRA!!!! Ia morrendo... E ainda não estou em mim. Fui verificar a contagem e está certa mas alguma coisa não está a bater bem. Tenho a certeza que haverá algo em nossa casa que está a gastar balurdios de electridade e eu só não sei o quê. Perguntei a uma amiga se a EDP não poderia fazer uma análise do consumo energético da nossa casa e ainda me espantei mais com a resposta dela. Que sim, que podiamos pedir uma auditoria à EDP. Se eles encontrassem o erro e o erro fosse deles, não se pagava nada. Se fosse nosso, pimbas... toma lá 100 euros!!! Ora em tempos de crise, que as familias querem poupar, não deviam facilitar estas análises? Ou então que houvesse uma ou outra empresa do género que fizesse esta auditoria mas, obviamente mais barata! Tenho a certeza que muitas familias agradeciam porque as vezes não fazemos ideia quanto é que determinado electrodomestico está a gastar e na volta pode ser por isso que as nossas faturas são tão elevadas. Porque isto dos 100 euros da EDP é um roubo. Porque obviamente que ao fazerem uma auditoria e perceberem que a contagem está certa, vão pôr as culpas em cima do cliente. Como se fossemos uns irresponsaveis que deixamos toda o dia as luzes ligadas por exemplo!!!! E como provamos que não? Não devia ser a EDP a primeira a propor soluções de poupança???? Não... pelos vistos só lhe interessa é que as pessoas paguem e se pagarem 200 euros por mês de electricidade melhor ainda para eles. BURROS!!!!

Agora, fui comprar um medidor de consumo energetico e estou eu propria a fazer o levantamento. Eu, que sou leiga na matéria e nem sei distiguir voltes de watts, mas estou a tentar ver se percebo se alguma coisa está mal. Isso e mentalizar-me para pagar os 600 euros da EDP. Não faço ideia é como...



4 comentários:

Sylvie&Diogo disse...

Ola minha querida! Vê lá se o bi horário te compensa pois fora do vazio o consumo é muito mais caro que na tarifa simples. Eu até fiquei passma ao ler as tuas palavras. . . Anda tudo maluco e o povo é que paga
Sylvie

Maria disse...

Olha, amiga, nós pagamos a EDP por estimativa também e neste momento estamos nos 98 euros mensais. Quando vem o acerto semestral, temos sempre cerca de 300/400 euros a mais para pagar e todos os anos a estimativa sobe (quando pusémos o bi horário começámos nos 60 euros). Temos os mesmos "subterfúgios" que tu (Lâmpadas económicas, escolha de horários mais económicos), e tb temos o motor da piscina e computador ligado todo o dia. O que nos veio a aumentar em muito a conta foi a colocação de aparelhos termoelétricos, acumuladores de calor. Será disso?
Sinceramente, não sei até que ponto a tarifa normal não compensava...
Bjs

S* disse...

É tão doloroso, custa mesmo a pagar... especialmente pelas taxas e mais taxas.

Lena disse...

Rita, o bi-horário nem sempre compensa. Uma coisa que deves fazer é contabilizar o total gasto desde Janeiro e verificar se com a tarifa normal o valor do consumo em € seria maior ou menor. De qualquer forma o bi-horarios tem os meses contados.
Depois essa coisa da EDP dever ser nossa conselheira e amiga, etc e tal!? Mas tu vives num estado socialista e a EDP é estatal?! Aquilo é para dar lucros chorudos aos acionistas, é a economia de mercado no seu melhor!
Para evitares surpresas destas deves dar a contagem regularmente. Sim, sim, deviam era criar postos de trabalho e contar eles, mas não o fazem e o resultado é este.
Posso ainda dizer-te que ferro, placa, forno e possivelmente bomba da piscina são consumidores brutais ... não há como usa-los nas horas de vazio por isso nem sempre compensa o bi-horário.
Para terminar, se as tuas contas de vão manter assim então talvez compense aderir já à EDP Comercial, perdes o bi-horario e ganhas um desconto no continente (não sei se ainda está em vigor).